Blog com resenhas, sessões de jogos, novidades e dicas sobre Jogos de Tabuleiro!

Contato: clubetabuleirocps@gmail.com

Páginas

sábado, 30 de março de 2013

Trench Chegou ao Brasil


Olá amigos, é com enorme prazer que digo: Trench chegou ao Brasil !!!

Tenho quase certeza que nós do Clube do Tabuleiro de Campinas somos os primeiros a receber o Trench em terras brasileiras. Se não somos, por favor compartilhem a data de chegada ok ?
Primeiro quero dizer que é um prazer termos em mãos um jogo tão bonito, produzido por amigos do velho continente. Sim amigos, caros amigos Rui Alípio e Maria Luísa, mesmo que virtuais, após tantas conversas sobre o lançamento do jogo, sua origem, etc...
Chegou dia 24/03/2013, Domingo !!! Para um jogo especial, um evento especial. Sedex trabalhando aos domingos, quem diria ??
Cansou do xadrez ? Que um jogo estratégico diferente ? Abstrato e bonito para ter exposto na sala ? Quem sabe não te convenço a  conhecer o Trench ?

Trench possui um design diferente, limpo porém impactante.  A Qualidade das peças e seu design chama a atenção. É um jogo de luz e sombra, preto e branco, revelando uma simetria e e o caos, causando ilusão óptica, captando o  desespero e a enervante calmaria entre as batalhas, quando os generais estudam os melhores movimentos.
Trata-se de um jogo idealizado e produzido em Portugal, possui um tabuleiro em formato de losango (um tanto inusitado, pelo menos para mim) e 32 peças divididas em brancas e pretas.

Idade sugerida: a partir dos 10 anos
Jogadores: 2 jogadores
Tempo de jogo: 45-60 minutos aproximadamente.

A peças
Devo admitir que imaginava que o tabuleiro fosse de papelão, comum  aos boardgames. Fiquei surpreso por ele ser de plástico e em uma única peça, sem dobras. Garante maior durabilidade e permite ficar exposto na sala.
A Caixa é rígida, adequada aos componentes e ao tabuleiro. O insert tem uma utilidade, não será jogado fora como nos outros boardgames. Permite que o tabuleiro fique instalado acima dos componentes de forma organizada e sem "apertos".
As peças vem em saquinhos separados para as peças brancas e pretas.  Tudo muito organizado. O material das peças é plástico, muito bem acabado e com uma manuseabilidade interessante. Parecem peças de um xadrez minimalista. A sensação ou "pegabilidade" é ótima, não são pesadas ou leves demais. Todas possuem a base emborrachada, o que evita deslizamentos indevidos pelo tabuleiro e causa uma agradável sensação de peso, de resistência na peça, pela mesma razão de gostamos das peças de xadrez com feltro e peso na base.
Embaixo de cada peça temos a movimentação estampada, conforme sua hierarquia: representando as patentes do exército de soldado a general.

O manual
O manual tem um tamanho pequeno comparado a qualquer outro jogo de tabuleiro. Vem em cinco idiomas, incluindo o idioma pátrio, o português (de Portugal não o brasileiro). As regras ocupam 13 páginas em português. Direto e preciso no quesito técnico de apresentar o jogo e suas regras, porém apaixonado por sua criação, pela primeira guerra, pela pátria e pelos desdobramentos estratégicos e táticos do jogo, profundamente influenciados pela "A Arte da Guerra" de Sun Tzu.

O jogo
Trench foi concebido seguindo uma linha mestra: retratar uma guerra num campo de batalha com uma trincheira ao meio, e todas as possibilidades e impossibilidades táticas e estratégicas que isso representa. Explicitamente o autor evoca a Primeira Guerra Mundial, onde esse "modelo" de batalha foi amplamente utilizado. As peças representam as patentes do exército: soldado, sargento, capitão, coronel e general.

O Setup
As peças são colocadas no tabuleiro, como uma formação militar romana, em forma de diamante. Veja as imagens abaixo.

As regras
Os jogadores movem-se alternadamente, não é possível "passar" a vez e se movem de 1 a 5 casas, do soldado ao general, respectivamente. Ortogonal e Diagonalmente, sempre  numa linha reta. As pretas começam.
As peças adversárias são capturadas quando estiverem na linha de movimento e dentro do raio de ação da peça.
A trincheira, linha que divide o tabuleiro ao meio, possui regras próprias, adicionando e também limitando as opções estratégicas.
Uma peça na trincheira não pode atacada por uma peça adversária que se encontre no território adversário.
Uma peça na trincheira pode atacar mais de uma peça quando avança da trincheira para o território adversário.
Uma peça na trincheira não pode atacar uma peça adversária que esteja em território amigo
As 2 peças de mais altas patentes (Coronel e General)  podem se mover ao longo da trincheira, mas não podem capturar peças na trincheira.
O jogo termina após 2 partidas, alternando o lado dos oponentes entre as partidas.
Uma partida termina quando todas as peças adversárias são capturadas ou quando em comum acordo decidem terminar a partida após 50 movimentos (25 de cada lado) sem nenhuma captura.
Os jogadores somam os pontos das peças capturadas nas 2 partidas, determinando o vencedor.
Se ocorrer empate, tem-se uma terceira partida, onde o vencedor será o primeiro a conseguir 40 pontos.

"Um grande general não é arrastado ao combate, ao contrário, sabe impô-lo ao inimigo."
"A Arte da Guerra" de Sun Tzu, tradução de Nikko Bushidô

Quem se atreverá a levantar a cabeça na trincheira e buscar a vitória ?

A glória pode estar do outro lado da trincheia....ou ouvirá apenas um último som: o metal do seu capacete sendo atingido...

Avaliação:
Prós: Jogo abstrati muito bonito, bem produzido, alta qualidade e muito cuidado e atenção dos criadores. Re-jogabilidade alta, regras simples me que podem render grandes jogos.
Contras: Se você não gosta de abstratos, não é pra você. Por enquanto é vendido em Portugal, o que resulta num custo em euros...mais caro que dólares...mas quem sabe alguma loja americana ou brasileira não se empolga em vender ?

Links interessantes:






12 comentários:

Ivan Araujo disse...

Legalllllll !!! Finalmente chegou ao Brasil , Bemvindo TRENCH , não vejo a hora de adquirir o meu .

Ruan Farah disse...

Maravilha estava esperando a tempos este jogo ,Bem vindo TRECH.

Monica Rebouças disse...

opa ! ja estava na hora , ja ouvi tanto falar deste jogo na europa , agora chegou aqui no Brasil , Maravilha preciso saber como adquirir um TRENCH .

Carmelita Matos disse...

Trench Chegouuuuuu , bemvindo ao BRASIL :)

Fausto disse...

Monica, por enquanto terá que ser na www.yupitime.com

Só tenha cuidado com os valores em Euros e não em Dólares ok ?

Será diversão garantida.

Monica Rebouças disse...

Ok! Obrigada pela dica Fausto, ficarei atenta.

Maria Luísa disse...

Obrigada Clube do tabuleiro de Campinas pela resenha e é um privilégio tê-los como amigos, mesmo que virtuais :)

Saudações lúdicas,
Maria Luísa e Rui Monteiro

Mayra disse...

TRENCH é um ótmio jogo, bem vindo ao Brasil !!!!!

Sónia Domingues disse...

Que Maravilha*
O TRENCH é indubitavelmente um Fenómeno de Sucesso*
Parabéns*
Sonny*

Moisés disse...

Prezados seguidores gostaria de saber como faço pra adquirir um TRENCH , adoro jogos de tabuleiro


Att;

Fausto disse...

Moisés, por enquanto apenas pela yupitime.com, veja nos comentários acima.

abs.

Mariana disse...

Muito bom!
Este jogo chegou ao Brasil com grande força e está sendo muito bem aceito...parabéns!!!!!