Blog com resenhas, sessões de jogos, novidades e dicas sobre Jogos de Tabuleiro!

Contato: clubetabuleirocps@gmail.com

Páginas

terça-feira, 29 de novembro de 2016

Pixel Cherry - customizando seus jogos

Olá pessoal !

Vamos apresentar para vocês uma opção muito legal de customização de jogos.
Estamos falando da nossa amiga Tuany Canzano.

Ela cria acessórios, cases, boxes e meeeples para boardgames. Os itens podem ser feitos em porcelana fria e mdf.

Pelas fotos que ela postou no facebook, já tínhamos uma ideia da qualidade que ela estava propondo, então resolvemos comprar e comprovar.

Nossa opinião:
Primeiro precisamos falar da atenção ao cliente. Muito solícita, atenciosa, com várias idéias e sugestões para melhorar o item, além da permitir muitas opções para o cliente escolher.
Atendimento nota 1.000 !!!
Todo o processo foi acompanhado com fotos e atualizações.

Resultado final:
Um absurdo de bem feito !!! Só quando você vê de perto é que consegue dimensionar a qualidade, principalmente nos cérebros. São pequenos mas com muitos detalhes !!!
A caixa veio muito bem acabada, imagem colada sem ranhuras ou partes soltas, nem cola em demasia. O interior é flocado, o que resultou numa cobertura homogênea e com aquela sensação aveludada. A impressão da imagem ficou 100%.

Nós recomendamos !!!

Contatos:

Tuany Canzano
Facebook Page:
https://m.facebook.com/PixelCherryShop/

Contatos:
canzanotuany@gmail.com
WhatsApp +55(11)988929999

Segue abaixo algumas imagens que fizemos e outras que a Tuany disponibilizou.








À todos, nossas bênçãos !


sábado, 5 de novembro de 2016

Wykersham !



Gostamos de jogos sólidos, sejam eles abstratos ou com algum Tema envolvido e Wykersham mostra uma competência pouco vista, principalmente por tratar-se de um Jogo com uma sorte envolvida na rolagem de Dados.


Este Jogo foi lançado em 1980 e embora abstrato, possui uma mecânica muito interessante para aqueles que gostam de jogos de raciocínio, mas que não desfaz de modo algum sua beleza lúdica mesmo com rolagem de Dados.

O Jogo é composto de um Tabuleiro com peças móveis, constituído de 7 Linhas, sendo as 2 Linhas externas fixas e as 5 Linhas internas móveis. Apenas a Linha central é constituída de 7 espaços sendo as 2 adjacentes à esta Linha sendo constituídas de 11 espaços. O Jogo também possui 2 Dados D6 que serão utilizados à vez de cada jogador.




Cada jogador possui ainda, em seu lado fixo do Tabuleiro, 2 espaços onde deverão ser colocadas 30 esferas de sua cor no espaço esquerdo. Ainda neste lado fixo, existe a informação de quais colunas correspondem aos resultados do Dado D6, que poderá ser 1, 2, 3, Dobro, 4, 5, 6.

O objetivo de cada jogador é conseguir colocar esferas nos espaços das Linhas, de forma a conseguir formar uma linha contínua de 5 esferas de sua cor, que poderá ser feito tanto na Vertical, como em alguma Diagonal. Se isso for feito, o jogador retira estas 5 esferas e coloca no seu espaço direito do lado fixo do Tabuleiro que está a seu lado.

Vence o Jogo, o jogador que no final da partida tiver mais esferas no espaço direito do lado fixo.




Como jogar:

O jogador deverá lançar os 2 Dados D6 e com os resultados posicionar 2 esferas conforme descrito abaixo:

- Dados com valores diferentes: Neste caso o jogador deverá posicionar 1 esfera em cada coluna referente ao resultado do Dado D6. Esta esfera poderá ser posicionada em qualquer Linha e logo após posicionar sua esfera, pode optar por deslizar esta Linha 1 espaço para a esquerda ou 1 espaço para a direita. Poderá optar por não deslizar a Linha se quiser.

- Dados com valores iguais (Dobros): Neste caso o jogador poderá optar por colocar 2 esferas em um mesmo espaço em qualquer Linha que corresponde ao Dobro ou mesmo colocar as 2 esferas em espaços diferentes (Linhas diferentes). Nestes 2 casos, também poderá optar por deslizar 1 espaço para esquerda ou 1 espaço para a direita se assim desejar.

Com as colocações das esferas e possível deslize das Linhas, o jogador vai procurar fazer com que 5 esferas de sua cor fiquem alinhadas, fazendo com isso que o jogador retire estas 5 esferas e coloque no espaço direito do lado fixo do Tabuleiro que está à sua frente.

Como cada jogador possui 30 esferas e sempre 2 delas a cada rodada entrarão no tabuleiro fazendo assim com que o Jogo como um todo tenha um total de 15 rodadas.

Cada espaço poderá comportar até 3 esferas de qualquer jogador.




O que achamos do Jogo:

Wykersham, embora desconhecido, preenche muito o quesito "Jogo" propriamente dito, pois mesmo com a sorte presente pela rolagem dos 2 Dados D6, ainda possibilita aos jogadores, opções bem interessantes de posicionamento, pois cada número pode ter até 5 opções de posicionamento das esferas, além da possibilidade de deslize da Linha inteira para direita ou esquerda.

A sorte então cai para um segundo plano, já que embora esteja presente, não amarra opções aos jogadores e torna-se uma mecânica até que bem interessante ao Jogo, pois tira a opção ideal muitas vezes  presentes em jogos apenas de posicionamento.

Gostamos demais dele por aqui e fizemos uma Versão utilizando Tampinhas de refrigerante coladas em placas de Acetato.

Embora seja um Jogo para apenas 2 Jogadores, compete em pé de igualdade como outros grandes clássicos para 2 jogadores já existentes e conhecidos, mesmo sendo um Jogo completamente desconhecido por parte de todos.

Para aqueles que quiserem testá-lo, basta um pouco de trabalho artesanal e têm-se um Jogo realmente bom e que tão boa surpresa causou a todos que jogaram.

Recomendamos !


quarta-feira, 2 de novembro de 2016

ARTHUR MACHEN - O Mestre do Horror - Editora Clock Tower

Olá pessoal !

O nosso amigo Denílson da editora Clock Tower está anunciando mais um grande livro:

ARTHUR MACHEN - O Mestre do Horror
histórias de horror sobrenatural
 

 
 
Os livros da editora Clock Tower já foram anunciados e comentados aqui no blog, então nem preciso falar da qualidade gráfica e do esmero na tradução e diagramação.
 
A Editora Clock Tower, conhecida pelos livros 'O Mundo Fantástico de H.P. Lovecraft', 'O Rei de Amarelo' e 'O Mundo Sombrio', tem o prazer de apresentar nosso mais novo projeto de financiamento coletivo, o livro:

ARTHUR MACHEN - O Mestre do Horror

Trata-se de um livro com obras de horror do escritor galês Arthur Machen, grande influência para os escritos de H.P. Lovecraft e um dos maiores nomes do gênero horror e fantasia.
O livro já conta com uma lista preliminar de contos:

1 – A luz interior
2 – A mão vermelha
3 – A pirâmide de fogo
4 – Ao abrir a porta
5 – As crianças da lagoa
6 – O grande deus pã
7 – O povo branco
8 – O sinete negro
9 – O vinho do demônio
10- Um jovem brilhante

Outros contos, o acabamento refinado e os extras (que são a marca da editora), a gente espera definir junto com você leitor (temos material já traduzido para 3 livros), já que esse é um livro participativo aonde aceitamos sugestões enquanto já rola a campanha de financiamento do livro que se estenderá apenas até o fim desse ano de 2016, agora com um preço especial (R$55,00) com diversas formas de pagamento (depósito, paypal, pagseguro e parcelado).

Independente da quantidade de livros no final da campanha o livro será impresso!

Mais informações sobre o livro nos links:




 

quarta-feira, 5 de outubro de 2016

The Game: Extreme !




Tempos atrás fizemos uma postagem sobre o Jogo: The Game:


Estamos transcrevendo a postagem e acrescentando sua Expansão: The Game: Extreme !





O que muda no jogo ?

The Game: Extreme constitui das mesmas Cartas do Jogo original e mantêm-se as mesmas Regras, porém foram acrescentadas Cartas com algumas Ações específicas que os Jogadores terão que executar. Existem cartas com Ações imediatas e outras com Ações mais duradouras.

De uma forma geral, esta Expansão complica ainda mais a vida dos Jogadores, pois o Leque de opções do Jogo original que já era bem curto, em algumas situações podem aniquilar de vez as chances dos Jogadores fazerem uma partida boa.

The Game consideramos um Jogo obrigatório na coleção, embora seja bem Matemático, o que afasta um pouco o interesse dos jogadores, mas mostra-se muito bem estruturado pelo que é. Para aqueles que quiserem saber como funciona, transcrevemos logo abaixo o que foi postado anteriormente.

Nesta Expansão, as coisas complicam para os jogadores, pois a obrigatoriedade de realizar as Ações, acaba deixando de lado o que no Jogo original chamamos aqui de "menos pior" ao colocar uma Carta em um dos 4 Montes.

Isso faz com que a interatividade entre os jogadores seja maior ainda, obrigando realmente a conversa entre os jogadores sobre o que fazer de melhor. E pra complicar, ainda existem entre as Cartas novas, algumas que pedem "silêncio".

Achamos muito interessante estas novas Cartas, pois quando elas estão à mesa sobre os Montes, estão ativas e uma vez cobertas por outras Cartas, perdem sua função.

Este Jogo, embora seja extremamente simples quanto aos Componentes, poisé constituido apenas de Cartas numeradas de 1 a 100 e nada mais que isso, consegue preencher bem tudo aquilo que queremos em um Jogo de Tabuleiro (No caso, Jogo de Cartas), pois é rápido, tático, complicado para vencê-lo e com rejogabilidade muito elevada.

Para aqueles que tem interesse em adquirir um Jogo bem elaborado, recomendamos !

Segue abaixo, transcrição da postagem que fizemos anteriormente:




Hoje vamos falar de um Jogo realmente muito interessante. Trata-se de: The Game: Are you read to play the game ?


O Jogo consiste de um Conjunto de Cartas numeradas de 1 a 100, sendo que existem 1 Carta de cada, exceto as cartas 1 e 100, que consistem em 2 de cada.

Cada jogador recebe 6 Cartas para a "mão" e o objetivo dos Jogadores é baixar a maior quantidade possível de Cartas, de forma que no final da partida, os jogadores consigar baixar todas ou, no máximo, ter a soma das cartas de todos os Jogadores à mão abaixo de 10.




As 2 Cartas de valor 1 e as 2 Cartas de valor 2 são colocadas lado a lado na mesa e durante a partida os Jogadores terão que colocar as demais Cartas  ao lado destas, da seguinte forma:

- Cartas colocadas ao lado das 2 Cartas de valor 1, deverão obrigatóriamente ter valores em ordem crescente.

- Cartas colocadas ao lado das 2 Cartas de valor 100, deverão obrigatóriamente ter valores em ordem decrescente.

A única possibilidade de Cartas contrariarem estas 2 regras, é quando os valores terem exatamente valor 10 a mais ou a menos.




Exemplos:

- Carta 34 está colocada ao lado de uma Carta de valor 1, logo, somente deverão ser colocadas sobre esta Carta, valores maiores que 34, porém, é possível alguém colocar a Carta 24 (10 a menos).

-  Carta 78 está colocada ao lado da Carta 100, logo, somente deverão ser colocadas sobre esta Carta, valores menores que 78, porém, é possível alguém colocar a Carta 88 (10 a mais)

O Jogo é Cooperativo e algumas discussões poderão ocorrer entre os Jogadores durante a partida, porém, em nenhuma hipótese, os Jogadores poderão revelar Carta ou Cartas que possuem à mão.

Informações como: "Não coloque neste monte" ou "Espere um pouco para descartar determinada Carta" entre outras informações, poderão ser discutidas, de modo que os Jogadores consigam descartar a maior quantidade possível de Cartas.




Este Jogo tem uma mecânica muito interessante e o fato de ser Cooperativo faz com que exista uma obrigatoriedade de discussão durante a partida entre os Jogadores.

Decisões devem ser tomadas o tempo todo, pois não compensa descartar alguma Carta que tenha um intervalo muito grande da que existe nos maços que estão à mesa, pois complica o descarte das cartas que se encontram neste intervalo e estão nas mãos dos Jogadores.

Fizemos uma Versão Caseira do Jogo para testarmos e a aceitação foi imediata ! Para vocês que estão lendo esta postagem, busquem informações ou mesmo façam uma Versão Caseira para teste e encontrarão um Jogo que realmente surpreendeu por aqui !

Jogo muito recomendado !





segunda-feira, 3 de outubro de 2016

Outubro Rosa !





E no mês em que se celebra a "Prevenção ao Câncer de Mama", conhecido mundialmente como Outubro Rosa, alinhamos nossa iniciativa de proteção às Abelhas - As "Donzelas da natureza" - a esta igualmente importante iniciativa para nossa Sociedade. Em comum, está a chave: Conhecimento é prevenção, é proteção.

https://www.facebook.com/beeornottobe

domingo, 2 de outubro de 2016

Bazaar ! Versão Caseira !



Todas nossas Versões Caseiras, são feitas artesanalmente e para uso pessoal somente, sendo proibida qualquer tipo de venda.

Hoje vou falar um pouquinho de um jogo realmente interessante. Trata-se de Bazaar, lançado em 1967 e seu autor é Sid Sackson.

Fizemos esta postagem originalmente em Maio 2015 e de lá pra cá o Jogo tem se tornado um dos mais procurados, mesmo sendo uma Versão Caseira.




Bazaar é um Jogo de trocas. Você possui pedras coloridas, que irá trocar por outras pedras coloridas, e quando juntar as pedras de alguma Carta de objetivo, você pega esta Carta e pontua.

Parece simples demais não é ? Mas não é bem assim que o jogo flui.

O grande charme das trocas é que você conseguirá mais ou menos pontos, dependendo da eficiência de suas trocas...




Não adianta sair trocando pedras aqui e ali, e quando conseguir seu objetivo, sobrar algumas na mesa... Isso mostrará que você não fez trocas eficientes... O ideal é não deixar pedras "sobrando", ou, pelo menos, deixar o mínimo delas...

Bazaar é um daqueles jogos coloridos e que você acaba não se interessando muito por ele, por ser colorido demais e ter regras de menos.




Jogo de trocas não agradam muito por aí, mas Bazaar parece ficar em um mundinho paralelo.

A primeira vez que jogamos, achamos ridículo demais, até a hora de sua vez... Aí você começa perceber o quanto problemático é o jogo, pois é preciso fazer trocas certas.




Saber enxergar qual as melhores trocas podem ser feitas é um passo importante para conseguir seus objetivos, mas às vezes, você começa a fazer trocas sem parar, começa a encher sua mão de pedras coloridas e o resultado esperado não vem... Por vezes, com 2 ou 3 trocas, você simplesmente chega no seu resultado.




Enxergar bem as possibilidades é um trunfo para vencer a partida, mas tenham certeza que apanharão um pouco do jogo nas primeiras partidas.

Bazaar foi uma das mais agradáveis surpresas neste nosso mundinho de jogos e sempre vê mesa por aqui.




Para aqueles que gostam de jogos bem elaborados, e com uma dose de "dor de cabeça" para se chegar a um resultado, recomendamos Bazaar...

Como fizemos nossa Versão Caseira !

Existem arquivos com todas as Cartas de trocas na Internet e imprimimos estas Cartas. Para substituir as Pedras do Jogo original, temos uma Versão com Tampinhas coloridas e outra mais elaborada com Pedras de plástico encontradas em Lojas de R$ 1,99... Mas as Pedras que encontramos, embora venham em grande quantidade e 1 cor apenas por embalagem, saiu bem mair caro que isso... Mas esta quantidade vale à pena, pois sobrou o suficiente para utilizá-las também em outras Versões Caseiras.

Uma outra opção (Que não fizemos) é comprar Adesivos coloridos para confeccionar as próprias Cartas, ao invés de imprimí-las. Basta ter uma referência de todas as cartas em têm-se o Jogo facilmente.

As imagens abaixo são das Cartas de nossa Versão Caseira !