Blog com resenhas, sessões de jogos, novidades e dicas sobre Jogos de Tabuleiro!

Contato: clubetabuleirocps@gmail.com

Páginas

terça-feira, 21 de novembro de 2017

Mountain Tour ! Versão Caseira !

Caixa do Jogo original !

Nossas Versões Caseiras são confeccionadas artesanalmente e para uso pessoal somente, sendo proibida qualquer tipo de venda !

Imagens retiradas do Site BoardGameGeek e também de nossa Versão Caseira que fizemos.

Hoje vamos falar um pouquinho de um Jogo completamente desconhecido de todos, mas que muito tem agradado aqueles que "brincam" com ele. Escrevemos "brincar" ao invés de "Jogar", pois achamos que é o termo que melhor se encaixa neste Jogo, embora seja vendido originalmente como Jogo de Tabuleiro.

Trata-se de Mountain Tour, lançado em 1998, porém sem referências de Autor:



Jogo original !

Mountain Tour é um jogo de Coordenação Motora, onde o objetivo é fazer com que seu "Escalador" (Representado por uma Bolinha colocada em um suporte) vá até o topo da Montanha e volte para a Base, sem deixá-lo cair em um dos buracos existentes no Tabuleiro. 

Para isso, o jogador deverá Puxar ou Soltar, uma das Linhas que seguram o Escalador. É preciso muito cuidado, pois exige boa Coordenação, já que em alguns trechos, a Bolinha passa por caminhos bem estreitos entre os Buracos.

Mountain Tour é um daqueles jogos que poderiam ser obrigatórios, principalmente para quem tem Crianças em casa ou mesmo utilizados em Escolas, pois trabalha "Lateralidade", já que quem Joga precisa Coordenar movimentos como Esquerda, Direita, Sobe e Desce e muitas vezes, existe necessidade de 2 Ações ao mesmo tempo.

Além disso, existe os apoios  laterai/superiores onde as Linhas que estão conectadas ao Suporte da Bolinha fazendo com que o movimento de Puxar ou Soltar a linha tenha consequências diretas sobre o movimento da Bolinha sobre a superfície onde ela irá percorrer o caminho.


Jogo original !

Este conjunto de fatores, leva o Jogador a ser obrigado a ter uma boa percepção do que fazer, bem como trabalha muito a "Coordenação fina" de movimentos, pois qualquer descuido, pode fazer a Bolinha cair em um dos vários buracos colocados no Jogo.

Em todas os encontros em que participamos com este Jogo, o interesse foi muito grande, pois sai do padrão comum de Jogos de Tabuleiro, onde em sua grande maioria, os Jogadores ficam sentados.

Mountain Tour obriga os Jogadores a ficarem em pé e focar a atenção no que está fazendo, pois distração é quase sempre, um resultado da Bolinha caindo em um dos Buracos.

As Ações do Jogador ao Puxar ou Soltar a linha, precisam ser delicadas aqui e geralmente pessoas sem muita paciência ou com muita ansiedade tem problemas em cumprir com o objetivo proposto.

Estar atento ao que se faz é uma obrigatoriedade e Mountain Tour cumpre muito bem seu papel de ser um Jogo Desafio, onde a atenção ao que se faz é obrigação.

Infelizmente este Jogo não é vendido no Brasil, mas como buscamos sempre adptar Jogos utilizando Materiais Alternativos, acabamos fazendo vários por aqui, utilizando Caixas de Papelão com uma Área grande (Caixas de TV Plana, por exemplo!), Bolinha que retiramos de Frascos de Desodorantes Roll'On e um Barbante ou Fio de Nylon.


Jogo original !

Existe uma dificuldade na confecção deste Jogo, pois é preciso fazer os Buracos na Superfície da Área do Jogo, bem como fazer uma Estrutura onde será fixada esta Superfície, de forma que fique ligeiramente inclinada, mas com um pouquinho de criatividade é possível ter o Jogo praticamente a Custo Zero.

Quanto ao tamanho, fizemos Versões realmente grandes, pois facilita muito as Ações do Jogador e geralmente o tamanho das Versões que fizemos ficaram próximos de 50 x 70 cm (Algumas variações de medidas houveram!).

Hoje, colocamos imagens de nossa Versão Caseira, que podem servir de modelo para que os interessados possam fazer também. Se esta fabricação Caseira também incluir Crianças, então estará se completando mais uma etapa do Lúdico, que é o criar. É claro que como existe o Corte (Fizemos com Estilete!), este deverá ser feito por uma pessoa adulta, mas as Crianças podem participar da Montagem e colagem de todo o Projeto.


Versão feita em Madeira !

É muito recompensador quando idealizamos, executamos e temos algo feito com nossas próprias mãos, pois o Jogar, será então apenas Produto final daquilo que foi pensado.

Recomendamos ! 


Uma das Versões que fizemos em Papelão !

Colocamos abaixo, imagens de como fizemos nossas Versões Caseiras e também como ficaram as 3 Versões que temos aqui !













domingo, 19 de novembro de 2017

CODE 777 ! Um jogo obrigatório na coleção !

Caixa Jogo original !


Imagens retiradas do Site BoardGameGeek e também tiradas na Ecobrinquedoteca do Parque - Campinas SP, já que nossa Versão Caseira se encontra neste local.


Nossas Versões Caseiras, são confeccionadas artesanalmente e foram feitas para uso pessoal somente, sendo proibida qualquer tipo de venda ! 


Já fizemos várias postagens sobre o Jogo CODE 777 e podemos dizer que este Jogo é obrigatório na coleção de cada Jogador:



Jogo original !

Talvez tenhamos nos "enamorado" por este Jogo, mas, de forma geral, podemos dizer que as pessoas tem 2 reações quando apresentamos CODE 777 a elas. A primeira dela é que por ser um Jogo de dedução e Lógico envolvendo perguntas e números, as pessoas torcem um pouco o nariz, pois os Componentes realmente são mínimos e funcionais. Já a segunda reação ocorre no final da partida, que normalmente as pessoas querem comprar ou fazer o Jogo. 


Nossa Versão Caseira !

CODE 777, para aqueles que jogam a primeira vez, é um Jogo bem complicadinho de entender, não pelas Regras, mas por fazer com que a informação que o Jogador que faz a peregunta seja compreendida de forma correta e entender que esta informação pode ser importante pra você. 


Este Jogo de dedução foi lançado em 1985, e tem como autores Robert Abbott e Alex Randolph



Imagem Bgg !

Jogos de dedução realmente atraem Jogadores, quando existe um Tema que chama a atenção e quando este Tema refere-se a números, existe uma "debandada" geral, já que muitos torcem o nariz, por ser um Jogo numérico.

Mas enganam-se aqueles que pensam que aqui não existe um Jogo realmente muito bom !


Nossa Versão Caseira !

Do que consiste o Jogo ?

O Jogo é composto de Cartas numéricas e Cartas de perguntas. As Cartas numéricas possuem cores e quantidades diferentse e são elas:

1 Carta de valor 1 na cor Verde

2 Cartas de valor 2 na cor Laranja

3 Cartas de valor 3 na cor Preta

4 Cartas de valor 4 na cor Roxa

5 Cartas de valor 5, sendo 4 na cor Vermelha e 1 na cor Preta

6 Cartas de valor 6, sendo 3 na cor Verde e 3 na cor Rosa

7 Cartas de valor 7, sendo 2 na cor Laranja, 1 na cor Rosa e 4 na cor Azul

Já as Cartas de Perguntas possuem alguma questão referente a estes números destas Cartas e em algumas Versões do Jogo, temos 21 delas e em outras temos 24.


Imagem Bgg !

Como o Jogo funciona ?

Todas as cartas de números são embaralhadas e cada Jogador recebe um Suporte, onde deverão ser colocadas 3 Cartas.

O interessante aqui, é que estas Cartas ficam viradas para todos os outros Jogadores de forma que o Jogador que as possui não consegue saber quais são.

O objetivo do Jogo é ser o primeiro Jogador a descobrir quais são os 3 números das Cartas de seu suporte e quais as cores de cada um deles.


Nossa Versão Caseira !

Embaralha-se todas as cartas de perguntas e deixa no centro da mesa.

O Jogador, à sua vez, irá pegar 1 Carta de pergunta, ler em voz alta e responder à pergunta feita, levando em consideração os números dos suportes que ele consegue ver. Em uma partida com 4 Jogadores, ele conseguirá ver os números de 3 Suportes (Exceto, é claro, o dele, pois as Cartas estão viradas para os demais Jogadores).

Cada Jogador recebe também 1 folha, 1 caneta e 1 Carta de referência com todos os números e cores.


Nossa Versão Caseira !

Após ele analisar todas as Cartas dos Suportes, ele responde em voz alta e esta resposta é a chave do Jogo para todos os demais Jogadores, exceto ele.

As perguntas referem-se a como ele está vendo as Cartas nos Suportes, e são bem claras, como por exemplo:

- Em quantos Suportes a soma dos números é igual ou menor que 12

- Você consegue ver mais Cartas azuis ou Pretas

- Em quantos Suportes todos os números são Pares ou Ímpares.

Repare que a pergunta feita pelo Jogador ativo (Que está com a vez!) e sua resposta, quase sempre dá alguma dica aos demais Jogadores (Às vezes a informação não serve pra nada!), como por exemplo: Se a Carta pergunta se ele vê mais numeros Roxos ou Pretos e ele diz que vê mais Roxos. E você como Jogador não consegue ver nenhum Roxo nos outros Suportes (Exceto do Jogador que está fazendo a pergunta, pois ele não está vendo as suas Cartas), você já deduz que você tem Carta Roxa, ou seja, pela Carta de referência, você tem Carta Roxa número 4, pois é o único número com esta Cor.


Nossa Versão Caseira !

Uma vez que foi feita a pergunta e dada a resposta, o próximo Jogador (Sentido horário ou anti-horário) pegará outra Carta e fará outra pergunta e por aí vai.

Reparem que é um Jogo que exige atenção, pois as dicas são bem claras e muitas vezes, você precisa fazer algumas análises simples até e ir tentando deduzir as Cores que possui e os números.


Nossa Versão Caseira !

Às vezes, como no exemplo, a dica é direta pra você e você só não consegue pegá-la se não prestar atenção. Já aconteceu, por exemplo, do Jogo terminar e perguntarmos se alguém conseguiu pelo menos deduzir algum número ou cor de alguma Carta e a pessoa dizer que tinha certeza que tinha Vermelho, mas não sabia qual número era. Ora ! Vermelho só existe em um número no Jogo, que é o valor 5 e faltou a ela simplesmente olhar a Carta de referência.


Nossa Versão Caseira !

Uma característica muito importante desde Jogo é que quem faz a pergunta parece não ter muita importância, pois as dicas serão úteis para os demais Jogadores apenas, mas estar atento a responder corretamente é essencial para que o Jogo se desenvolva e já tivemos problemas por várias e várias vezes, de Jogadores lerem a Carta, olhar todas as Cartas dos Suportes e responder de forma errada.


Nossa Versão Caseira !

Se isso ocorrer, este Jogador "quebra" toda linha de raciocício dos demais Jogadores, pois as respostas às perguntas é que fazem com que a Estrutura de Raciocínio dos Jogadores sejam montadas de forma correta. Por inúmeras vezes, alguém fez a pergunta e os próprios Jogadores corrigirem, dizendo que a resposta está errada e depois a pessoa se desculpar e responder corretamente. Isso pode ocorrer e praticamente anula tudo que foi feito, pois a linha de raciocínio segue uma lógica e às vezes você já deduziu Cor e Número de alguma Carta, mas uma resposta vem e contradiz tudo aquilo que você já tem como certo. Como exemplo, algum Jogador pode responder que em 2 suportes existem números pares (Estava olhando para 3 suportes!) e este mesmo Jogador, numa outra rodada, responder que em 2 suportes existem números ímpares (Estava olhando para os mesmos 3 suportes). Reparem que neste exemplo, ou a primeira informação estava errada ou a segunda informação estava errada... Se for a primeira, o estrago já foi feito, pois depois desta informação errada, passaram-se várias outras respostas e os Jogadores levaram em consideração àquela primeira resposta dada.


Nossa Versão Caseira !

É complicado deduzir os 3 números ?

Nas primeiras partidas você tem problemas. Talvez por não entender como o Jogo funciona e também por não saber aproveitar as dicas que são dadas. Pode ocorrer de uma dica ser direta somente pra você e você simplesmente deixa passar por não entender a resposta, ou não saber ler os outros Suportes que a resposta faz referência.


Nossa Versão Caseira !

Em nenhum momento da partida, o Jogador que está respondendo à pergunta, especifica Suporte ou Número referente à resposta dada. Como no exemplo de quantos Suportes todos os números são pares, se ele analisou 3 Suportes e disse que em 2 deles os números são todos pares, ele simplesmente responde isso, mas não mostra quais são eles. É óbvio que os Jogadores, por dedução simples, saberão quais os 2 possuem números pares e qual possuí somente números ímpares.


Imagem Bgg !

Muitos Jogadores que convidamos para jogar CODE 777 acharam complicado e que você tem que pensar muito, porém, no final da partida, ao perguntar se eles conseguiram pelo menos deduzir alguma Cor ou Número, eles acertaram e em alguns casos, eles já tinham deduzidos as 3 Cartas, porém não arriscou dizer que já tinha o resultado final, por medo de errar, já que quando algum Jogador anuncia que vai revelar suas Cartas, ele precisa acertar, senão todos os demais Jogadores vencem. Mesmo assim, procuramos sempre incentivar o descobrir o Jogo e perguntamos a cada um a que conclusão conseguiram chegar.

Em uma partida, houve uma curiosidade muito grande, pois ninguém se arriscou a terminar o Jogo (Revelar suas Cartas!) e como as Cartas de Perguntas acabaram, resolvemos então encerrar a partida e perguntar a cada um o que tinham deduzido. Simplesmente todos acertaram todas as Cartas de todos os Suportes, mas por medo ou dúvida, ainda esperavam mais alguma informação. Finalizar Cartas de Perguntas não é Regra de final de partida, pois podemos embaralhar todas elas novamente e continuar a partida até qual alguém revele suas Cartas.


Nossa Versão Caseira !

CODE 777 considero um dos poucos Jogos obrigatórios na coleção ! A aceitação do Jogo vai do desinteresse inicial ao interesse final para jogar novamente e novamente. Muitos que não gostaram do Jogo em seu início, acabaram fazendo sua Versão Caseira e hoje jogam com seus filhos, amigos e alunos e realmente chama a atenção por ser muito simples quanto às Regras, porém, exige atenção !!!

Atenção aqui é obrigação !

Se você se dispersar por alguma outra coisa durante a partida, poderá perder uma dica clara pra você, que dificilmente voltará na partida e poderá perder a chance de vencer, como ocorreu por inúmeras vezes, simplesmente por não pensar o óbvio !


Nossa Versão Caseira !

Jogo altamente recomendado ! E obrigatório !

Fizemos algumas Versões Caseiras e temos outras tantas espalhadas por aí. Lápis de Cor e pedaços de Papel para desenhar os Números e escrever as Perguntas é o que basta para ter este Jogo realmente muito interessante !


Nossa Versão Caseira !

sexta-feira, 17 de novembro de 2017

Century: Golem Edition !



Imagens retiradas do Site BoardGameGeek !

Hoje vamos falar um pouquinho de um Jogo com uma das mecânicas que mais gostamos por aqui, que é utilização de Trocas de Recursos, com objetivo de juntar determinados tipos e quantidades.

Estamos falando de Century: Golem Edition !


Este Jogo é ume Reedição do Century: Spice Road, porém em Century: Golem Edition, temos um universo mais fantasioso com a utilização de Cristais e com uma Arte realmente muito interessante nas Cartas do Jogo


Gostamos de Jogos que enconvem troca de mercadorias, pois normalmente são Jogos com Regras fáceis, muitas vezes intuitivas e que agrada em cheio todos os tipos de Jogadores.

Quem acompanha o Blog do Clube do Tabuleiro de Campinas, deve estar lembrado de uma postagem que fizemos tempos atrás, de um Jogo chamado Bazaar:


Bazaar é um dos Jogos que mais viu mesa por aqui e se fizermos um comparativo entre ele e Century: Golem Edition, iremos encontrar 75% de semelhança no Sistema de troca feita no Jogo, bem como objetivos, porém consideramos Bazaar um Jogo mais "aberto", onde os Jogadores são livres para, à sua vez, realizarem qualquer quantidade de trocas que acharem interessantes. Já as trocas que são permitidas, são indicadas por 2 Cartas que são colocadas à vista de todos os Jogadores no início da partida.




Century: Golem Edition, as trocas são ditadas pelas Cartas que os Jogadores possuem nas mãos. Desta forma, existe a necessidade dos Jogadores irem adquirindo estas Cartas de forma a ter um Leque de opções satisfatório, a fim de realizar suas trocas de forma mais eficiente possível. 

Além disso, diferentemente de Bazaar, em que os Jogadores são livres para fazerem qualquer quantidade de trocas à sua vez, em Century: Golem Edition, você poderá utilizar 1 Carta à sua vez para realizar a troca permitida.

Como objetivo final, podemos dizer que tanto Bazaar, quanto Century: Golem Edition,  possuem características semelhantes, diferenciando-se somente em como contar os Pontos obtidos, já que em Bazaar existe uma Tabela que indica quantos Pontos o Jogador ganhou em função do tipo de combinação que conseguiu fazer para pegar as Cartas. Já em Century: Golem Edition, a pontuação já vem indicada na própria Carta de objetivo.




Em Century: Golem Edition, temos como objetivo adquirir Cartas de Pontuação. Vence o Jogador que mais Pontos tiver no final da Partida. Cada Carta de Pontuação exige certa quantidade de Cristais indicando também quais as cores dos Cristais.

Existem também as Cartas de Comércio e são estas Cartas que mandam no Jogo, pois são através destas Cartas que os Jogadores poderão realizar suas trocas de Cristais. Cada Carta possui uma troca específica e quando o Jogador tem esta Carta na mão e à sua vez, joga na mesa, ele realiza a troca dos Cristais.

Reparem que em Century: Golem Edition, o jogo exige que você vá "montando seu Deck de Cartas" (Não é bem isso, mas serve como exemplo), de forma a ter na mão Cartas com trocas realmente interessantes e que dê maior possibilidade de escolha do que fazer à sua vez. Mas não pensem vocês que basta simplesmente pegar a Carta e colocar à mão. Cada Carta tem um Custo, dependendo da posição onde se encontra no espaço de compras, já que a 1ª Carta da esquerda o Jogador não paga nada para adquiri-la e à medida que anda para a direita, deverá pagar com Cristal, as Cartas que foram dispensadas por ele. Por exemplo, se você quiser pegar a 4ª Carta, deverá colocar 1 Cristal nas 3 primeiras que você pulou. Desta forma os Jogadores que adquirirem estas Cartas com Cristais, levam junto o que se encontra sobre ela.




Já as Cartas de objetivo também possuem uma fila e as 2 primeiras possuem um Bônus. A 1ª Carta, ao ser adquirida (Pagando os Cristais exigidos) dá ao Jogador 1 Moeda de Valor 3 e a 2ª Carta, ao ser adquirida dá ao Jogador (Pagando os Cristais exigidos) 1 Moeda de Valor 1. As demais Cartas podem serem adquiridas, porém não dará este Bônus.  Estes Bônus serão somados à Pontuação dos Jogadores no final da partida.

Pode parecer estranho os Bôbus serem colocados somente nas 2 primeiras Cartas, mas isso é um complicador para o Jogador que vai escolher qual Carta de Pontuação vai adquirir. Muitas vezes, as 2 primeiras Cartas, embora tenham as Moedas de Bônus, possuem valores de Pontuação baixos e cabe ao Jogador analisar se vale à pena comprá-la, ou adquirir outra sem Bônus, mas com valor de Pontuação maior.




Cada Jogador possui também 1 Carta que fica à sua frente, em que deverão ser colocados sobre ela os Cristais adquiridos. Esta Carta só tem 1 objetivo, que é mostrar aos demais Jogadores, quantos Cristais você possui, já que nos Jogo, cada Jogador não pode ter mais que 10 Cristais.

À sua vez, os Jogadores terão que escolher apenas 1 opção de Ação entre:

- Pegar 1 Carta de Comercio

- Jogar 1 Carta de Comercio e realizar a troca indicada

- Pegar de volta para a mão todas as Cartas de Comércio jogadas

- Pegar 1 Carta de Pontuação




Repare que Century: Golem Edition é um Jogo realmente simples, porém, exige dos Jogadores, escolhas certas do que fazer à sua vez, além de exigir atenção de quais Cartas de Comércio estão disponíveis e quais Cartas de Pontuação também estão disponíveis, além, é claro, de estar atento a quais cores e quantidade de Cristais você possui e o que precisará fazer para conseguir seu objetivo de adquirir uma determinada Carta de Pontuação, que poderá também ser objetivo de outro Jogador.

Com isso, além de pensar nas possibilidades de trocas, o Jogo tem uma pitada de "corrida", de forma que consiga adquirir uma Carta de Pontuação interessante, que também poderá estar na mira de outro Jogador.




O que achamos do Jogo ?

Century: Golem Edition cumpre aquilo a que foi destinado como "Jogo de troca", porém, diferentemente de Bazaar, as decisões não são tão fáceis de serem tomadas, principalmente pela limitação que seu "Deck de Cartas" te dá. 

Comprar Cartas de Comércio aos montes, de forma a ter um Leque de opções de trocas bem interessantes, seria o mundo ideal, porém ela tem um Custo para isso e é preciso ir equilibrando escolha de Ações entre Comprar as Cartas de Comércio, realizar as Trocas e adquirir Cartas de Pontuação. Encher a Mão de Cartas de Comércio faz com que deixe de realizar outras Ações e poderá ficar "travado" ou não ter a possibilidade de pegar Cartas de Pontuação com valores mais altos, já que exigem mais Cristais. 




O Jogo exige que você "leia" como se encontra a partida de forma mais eficaz possível. Quais as Cartas disponíveis, quais os Cristais que você possui, quais as exigências das Cartas de Pontuação. Desta forma, poderá otimizar suas Jogadas e tirar proveito de suas Ações.

Gostamos demais do Jogo, não só pela mecânica, mas também por estar um degrau acima do Bazaar, que já consideramos muito bom.

Para aqueles que gostam de Jogos que não precisam de muitas explicações de Regras, já que é um Jogo intuitivo, além de não ser um "Queima-cérebro", recomendamos muito.

quinta-feira, 16 de novembro de 2017

Como fazer Peças de Jogos utilizando Tampas e Frascos de Leite, Água ou Refrigerante !

Existem uma quantidade de Materiais excelentes para Jogos e que normalmente jogamos no Lixo !

Hoje vamos colocar um pequeno tutorial mostrando como fazemos algumas Peças de Jogos, utilizando Frascos de Leite. Também poderão ser feitas com Frascos de Água ou Refrigerante. Perceberão que realmente é muito simples fazer estas Peças, que são muito úteis quando queremos fazer um Jogo, principalmente Abstrato.






Primeiro, devemos recortar a parte de cima da Garrafa a ser utilizada, sendo que a Tampa também fará parte do processo de confecção e não deverá ser jogada fora. Principalmente estes Frascos de Leite, são bem interessantes, pois possuem cores de Tampas diferenciadas para cada tipo de Leite vendido e possuem um tamanho muito bom. Com isso, é possível fazer Peças de Jogos em uma única cor ou com cores diferenciadas, como mostraremos a seguir. Isso é muito útil, pois em alguns Jogos, precisaremos de cores diferentes em uma mesma Peça.





Uma vez recortada a parte superior do Frasco de Leite, manteremos a "rosca" onde vai a Tampa do Frasco e recortaremos a outra parte até uns 5mm (Mais ou menos isso) antes de chegar no "ressalto" que existe ali. Vão perceber nas imagens a seguir, que este "Ressalto" formará uma "Linha Branca" separando as 2 Tampas. Esta parte deixada, como não contêm rosca, servirá para fixar a outra Tampa que utilizaremos e fixaremos com Cola. Por aqui utilizamos Cola Cascorez Extra Rótulo Azul e não tivemos problemas da Tampa ali colada se soltar com o uso. Existem no mercado, outras Colas próprias para Plástico, que também poderão ser utilizadas.





Reparem que o processo é muito simples, mas o resultado é muito interessante, pois no mercado encontramos não só Frascos de Leite, como também Frascos de Água e Refrigerante, com uma incontável quantidade de cores nas Tampas. O processo de confecção de Peças utilizando Frascos de Água e Refrigerante é o mesmo mostrado aqui para Frascos de Leite.





Não recomendamos Frascos de Água e Refrigerantes grandes, pois o material plástico alí perto da região onde se encontra a Tampa é muito duro e terão problemas para cortá-los. Neste caso, será preciso literalmente serrar para deixar no tamanho correto da colagem da Tampa.

Estas Peças que fazemos, são muito interessantes principalmente para Jogos Abstratos, onde não há necessidade realmente de definir o que significa cada peça, embora ainda seja possível, por exemplo, a impressão de Folha Adesivada e colagem sobre estas Tampas ou mesmo Desenhos feitos com Caneta Permanente.






Para aqueles que quiserem se enveredar em fazer alguns Jogos e se divertir a um "Custo zero", taí nossa dica.