Blog com resenhas, sessões de jogos, novidades e dicas sobre Jogos de Tabuleiro!

Contato: clubetabuleirocps@gmail.com

Páginas

terça-feira, 23 de junho de 2009

Twilight Struggle e seu desequilíbrio!!!


Algo realmente interessante ocorre em alguns jogos existentes no mercado... O desequilíbrio que existe entre os jogadores... Falar em desequilíbrio pode fazer alguns jogadores torcerem o nariz, já que muitos consideram que as chances de vitória deve ser equilibrada, afinal, uma das tarefas mais difíceis na criação dos jogos é fazer com que todas as possibilidades não desequilibrem o jogo, fazendo com determinado jogador seja mais beneficiado nas regras do que outros... Mas não estou postando este tópico para fazer crítica ao desequilíbrio de alguns jogos, mas a inserção do desequilíbrio mediante fatos históricos... Parece complicado?... Vou explicar: A imagem ao lado refere-se ao jogo Twilight Struggle... Para quem não conhece, é um jogo que recria a Guerra Fria entre EUA e URSS... Um jogo para 2 jogadores onde o objetivo é adquirir maior influência possivel nos países, para que quando determinadas cartas de pontuação forem jogadas, adquirir o maior número de pontos possível... Além disso existem outros meios de angarear pontos durante a partida... Tem sua tensão nuclear... sua corrida espacial... enfim, vários contextos dentro do jogo que fizeram direta ou indiretamente parte desta Guerra que durou cerca de 45 anos... A genialidade dos criadores em colocar no jogo fatos ocorridos neste período foi de grande felicidade... A alma do jogo estão nas Cartas (Cerca de 103 no total!), divididas em Early War, Mid War e Late War... No início do jogo são jogadas as cartas do Early War... No turno 4 acrescenta-se no monte de compras as cartas do Mid War... No turno 8 acrescenta-se no monte de compras as cartas Late War... Não é meu objetivo aqui falar como funciona o jogo, o que poderá ser feito com alguns jogos e maior experiência dele... Mas é preciso deixar claro que estar Cartas são além da alma do jogo, uma verdadeira aula de História... Ou você as utiliza como Operações (Ela tem um número indicando qual o valor) ou você as utiliza como eventos... E é nos eventos que o jogo jorra tema... Os principais acontecimentos dos 45 anos da Guerra fria estão explícitos em cada carta: Chernobyl, Eleição João Paulo II, Acordo Camp David, Boicote (Ou não!) olímpico, Guerra Irã-Iraque... Enfim, acontecimentos que para aqueles que viveram este período, será motivo de saudades desta época...
Mas porque falei tanto no jogo sendo que o assunto é seu desequilíbrio?... Simples! Twilight Struggle é um jogo desdequilibrado, simplesmente! Mas isso não faz com que TS seja um péssimo jogo, aliás é um jogaço! O que os criadores fizeram foi colocar a História no jogo, e quem viveu esta época sabe que a URSS foi extremamente poderosa no início, e em função dos acordos políticos, chantagens, traições, os EUA acabaram por inverter um pouco esta situação, e o final todos sabem: Queda do Muro de Berlim (Sim! Tem uma carta dele também!) e o fim da URSS... Isto está claro no jogo, pois URSS é fortíssima e pode aniquilar os EUA nas primeiras rodadas... Mas o charme do jogo esta nesta situação, pois se isso realmente acontecer é porque EUA fizeram besteira demais... Muitos críticos deste jogo consideram este desequilíbrio uma falha, pois segundo eles é uma "judiação" ser jogador dos EUA no início do jogo... Ora! Mas a História mostra que o que aconteceu foi exatamente isso... Alguns especialistas dizem que é interessante para o jogador dos EUA levar o jogo para o final, pois os eventos que ocorrerão acabará por inverter os poderes, e terá chance de vencer o jogo... URSS é forte na primeira fase do jogo... EUA e URSS são relativamente equilibrados na segunda fase do jogo... EUA tem uma tendência a vencer a terceira fase do jogo... Alguns jogadores consideram que o jogador da URSS tem 60% de chance de vencer, contra 40% dos EUA, porém o fato do jogo ter esta "falha", ela mostra uma parte da História verdadeira diante dos olhos dos jogadores... Existe a tensão nuclear que existiu da fato, porém tanto URSS quanto EUA sabiam que se houvesse uma Guerra nuclear entre os 2 países, simplesmente não sobraria nenhum deles... E esta tensão está encaixada no jogo numa tabela DEFCON, onde o jogador ativo que provocar a diminuação da pontuação (De 1 a 5) para o nível 1, acabará perdendo o jogo... URSS e EUA na História sabiam disso, e por mais que chegassem perto de uma Guerra Nuclear, não apertariam aquele maldito botão pois seria seu fim também... Colocar este desequilíbrio em 3 fases distintas no jogo e conseguir encaixar a História de forma louvável, é algo que deve ser aplaudido e exaltado aos criadores deste jogo... Mas a questão ainda continua: Há realmente necessidade do equilíbrio??? Acredito que quando um jogo não reproduz uma realidade história, o desequilíbrio realmente mostra-se como uma falha... Mas quando representa fatores históricos de forma mais real possível, este desequilíbrio já não entendo que se possa chamar de falha, propriamente dito... Talvez a descoberta do desequilíbrio num determinado jogo, acabe por afastar jogadores mais experientes, mas é um assunto em que muito há que ser debatido... Twilight Struggle mostra-se competente... um achado... um jogo que deve fazer parte da coleção daqueles que consideram um jogo, mais que um passatempo apenas... Vale à pena conhecê-lo!!!

2 comentários:

GamersPoA - Ubiratã Oliveira disse...

Como ja falei na Ilha não acho que o desequilibrio seja o fim desse maravilhoso game...
Acho portanto que o jogador deve saber que no incio o URSS é forte e que isso cai com o passar dos turnos, e sabendo isso tome postura mais ofensiva (se URSS) ou defensiva (se USA) nos primeiros turnos e inverta essa tendência com o passar do game...
Muitos jogos são assim, por exemplo o Game of Thrones: cada casa deve "saber" onde ir... ou no Mare Nostrum: cada civ deve saber com quem se aliar...e assim por diante, não é defeito é só uma quesão de saber "praticar" o game...que nesses casos não são só sentar na mesa e ficar movendo peças e rolando dados...
Parabéns pelo blog estou sempre por aí...

Daniel Ibarra disse...

TS é um jogo fantástico, apesar de ter sido a primeira vez e devido a isso o jogo ter terminado no segundo turno com vitoria russa, creio que na terceira ou quarta vez que jogarmos, será fantástico. E vou fazer a minha cópia. :-)