Blog com resenhas, sessões de jogos, novidades e dicas sobre Jogos de Tabuleiro!

Contato: clubetabuleirocps@gmail.com

Páginas

segunda-feira, 15 de março de 2021

SPIRITS OF THE WILD - Ótimo jogo para 2 jogadores !


Imagens retiradas do Site BoardGameGeek !

Buscamos por Jogos interessantes e que sejam do agrado da maioria daqueles que decidem sentar-se à mesa e muitos deles necessariamente não precisam ser complexos e com mecânicas revolucionárias.

Para nós, um bom Jogo é aquele que sentamos à mesa e nos divertimos, passamos o tempo, conversamos, sem se preocupar muito com o Jogo. Isso não significa que Jogos com esta característica não sejam bons.



Spirits of the Wild é um destes Jogos, onde, de forma bem simples, consegue agradar aqueles que querem um Jogo descontraído, mas que exige escolhas certas, com seu grau de sorte envolvida, mas que não atrapalha em nada a evolução do Jogo.

https://boardgamegeek.com/thread/2512461/spirits-wild-stray-table-review

Spirits of the Wild é um Jogo onde os Jogadores retiram Pedras coloridas de um Saco e coloca em um recipiente, que estarão disponíveis para que os Jogadores coletem e posicionem nos diversos Animais.



Cada Animal é exigente quanto às Pedras que eles querem que sejam posicionadas no seu espaço. Desta forma temos:

Coruja: Pontua por até 3 pares de Pedras de mesma cor

Coelho: Pontua por 3 Pedras de cores diferentes

Castor: Pontua por Par e Trio de Pedras da mesma cor, sendo que Par e Trio podem ter cores diferentes

Salmão: Pontua por atré 6 Pedras de cores diferentes

Tartaruga: Pontua por até 5 Pedras da mesma cor

Além disso, existe 1 Pedra Espiritual, que uma vez colocada em algum Animal, trava todos os demais espaços vazios, porém, duplica o valor pontuado até o posicionamento desta Pedra.



E por fim existe um Coiote, que pode ser movido para qualquer espaço de algum Animal no Tabuleiro do adversário. O Coiote trava temporariamente que o Jogador coloque Pedras neste Animal e é movido quando uma Carta específica dá ao Jogador que executa esta Ação, esta possibilidade.

Quanto às Cartas, cada Jogador possui 6 Cartas de Ações que poderá utilizar durante a partida, além de existirem também 6 Cartas de Espírito, que dá ao Jogador outras possibilidades.



Como funciona o Jogo ?

Em resumo, o Jogador escolhe 1 Carta de Ação e a executa. Esta Carta de Ação é que permite que o Jogador pegue Pedras do Saco e coloque no recipiente e pegue Pedras do Recipiente e coloque em algum  Animal. E são algumas destas Cartas que permitem que você mova o Coyote e pegue Cartas de Espírito.

O Jogo termina quando 5 Pedras Espirituais são utilizadas e vence o Jogador com maior Pontuação.



Regras bem simples, mas com escolhas complicadas de onde posicionar as Pedras que acabou de coletar do Recipiente.

O que achamos do Jogo ?

Spirits of the Wild é bem simples quanto à mecânica, mas que exige escolhas dos Jogadores de quais Pedras irão coletar do Recipiente e onde estas Pedras serão colocadas, pois cada Animal tem sua exigência e pontuação específica.



Existe o fator sorte, pois as Pedras que são coletadas do Saco saem aleatoriamente e pode ocorrer de você precisar de 1 cor específica para completar algum Animal e esta cor não sai ou todas as Pedras desta cor já sairam. Isto é minimizado pela Pontuação de cada Animal que permite que você Pontue mesmo quando não complete todos os espaços.

A Arte do Jogo agradou muito e o Tema escolhido também, pois o Jogo é limpo e fica muito bonito à mesa, o que pode agradar muitos Jogadores.



Spirits of the Wild é um daqueles Jogos para 2 Jogadores que merecem espaço, pois possui um tempo de Jogo relativamente curto e não entra naquele Grupo de Jogos simples demais.

Existe sim, algo a ser pensado de forma a conseguir a maior pontuação.


quinta-feira, 4 de março de 2021

BANTU - Jogo de Corrida de 1955 !



Este é mais um daqueles Jogos antigos e desconhecidos, mas que mostra que não há necessidade de muitos Componentes para se ter um Jogo interessante: Bantu !

https://boardgamegeek.com/boardgame/8990/bantu

Bantu talvez seja o primeiro Jogo de Corrida que não utiliza Dados (D6), ou mesmo, contém qualquer elemento de sorte.

Composto de um Tabuleiro com "Pista circular", Bantu possui caminhos que poderão ser feitos pelos Marcadores dos Jogadores e que vários lugares se fundem e se cruzam, criando Pontos de Bloqueio que poderão ser feitos por algumas Marcadores. 




Como  Jogo de Corrida, o objetivo dos Jogadores é ser o primeiro Jogador a cruzar a Linha de Chegada com todos os seus Marcadores

O mais interessante deste Jogo é que a movimentação dos Marcadores dos Jogadores são feitos por números indicados nos próprios Marcadores, sendo que cada Jogador possui 4 Marcadores numerados de 1 a 4 que serão posicionados um a um durante a partida e em locais específicos para cada valor.




Quanto maior o número indicado no Marcador, mas longe da Linha de Chegada será posicionado o Marcador. Com isso, temos as seguintes possibilidades de movimentos:

- Marcador 1: Poderá se movimentar 1 espaço

- Marcador 2: Poderá se movimentar 2 espaços

- Marcador 3:  Poderá se movimentar 3 espaços

- Marcador 4:  Poderá se movimentar 4 espaços




As Regras são bem simples, sendo que cada Marcador não pode "saltar" outro Marcador durante seu movimento, bem como Marcadores não poderão ocupar o mesmo espaço. Caso isso aconteça, o Marcador do Jogador que estava no espaço terá que voltar à posicição inicial.

Além disso, existe a possibilidade de aumentar a quantidade de movimentos, quando Marcadores (Do mesmo Jogador ou de outros Jogadores) ocupares espaços com Fundo Marrom ou Vermelho.




Um Marcador deverá, obrigatoriamente, utilizar todos seus Movimentos sem refazer o caminho dentro de um mesmo turno. Se o Marcador não puder utilizar todos seus Movimentos, o Marcador não poderá ser movido. Caso todos os Marcadores do Jogador não puderem realizar todos seus Movimentos, o Jogador perde a vez.

O que achamos do Jogo:

Gostamos de Jogos que fogem ao "Padrão comum", principalmente quando se trata de Jogos de Corridas mais simples, onde existem a sorte da rolagem de Dados e em Bantu temos uma alternativa muito interessante a esta "Macânica".




Bantu possui uma característica muito interessante, que é ter Componentes mínimos, com pouquíssimas Regras e dando possibilidades muito interessantes aos Jogadores, devido principalmente à forma que a "Pista de Corrida" foi feita, com diversas possibilidades de Movimentos e Bloqueios.

Dificilmente encontramos em Jogos esta característica de possuir poucos Componentes, pouquíssimas Regras, mas que abre bem o "Leque de opções" para os Jogadores, sendo que Bantu consegue fazer isso muito bem e consegue agradar todas as Faixas etárias.



Para aqueles que gostam de Jogos bem feitos, mesmo sendo bem antigo (1955),
Bantu é um daqueles Jogos que todos podem ter em sua coleção e utilizá-lo quando quer jogar algo mais descontraido, mas que ainda exige certo Raciocínio por parte dos Jogadores.


sábado, 27 de fevereiro de 2021

"Sudoku Vertical" feito para crianças !


O Clube do Tabuleiro de Campinas fez algumas postagens sobre "Labirintos feitos de Papelão" e hoje vamos colocar outra ideia que poderão fazer para seus Filhos/Alunos/Crianças, utilizando o Papelão como Matéria prima.



Utilizar "Papelão", principalmente de Caixas usadas de embalagens, que poderão ser encontrados facilmente em Supermercados, é uma boa forma de trabalhar o "Lúdico" desde a ideia até o trabalho finalizado, passando por todo processo de montagem, dando possibilidade de trabalhar a Cooperação entre os Filhos/Alunos/Crianças.



Também já fizemos inúmeras postagens aqui no Blog, sobre o "Sudoku", desde os mais simples, como o Sudoku 4x4, até os mais complexos, como o Sudoku 9x9 e procuramos dar ênfase a Temas infantis, fazendo com que este Grupo possa utilizá-lo em Casa ou em Sala de aula.



"Sudoku" é um dos desafios (Passatempos) mais interessantes, pois você pode progredir no Grau de dificuldade, começando com Sudoku 4x4, que normalmente são fáceis de serem resolvidos e, uma vez dominado, poderá ir para a próxima etapa que seria um Sudoku 5x5 ou 6x6 e assim por adiante, até conseguir completar desafios no tradicional Sudoku 9x9.



Estes Passatempos são encontrados em Bancas de Jornais e possuem vários Graus de dificuldade e poderão servir de modelo para o posicionamento inicial nos "Sudokus" que já apresentamos aqui no Blog e que apresentamos nesta postagem.



Nossa ideia aqui é juntar o uso do "Papelão" como Matéria prima para fazer o "Tabuleiro vertical" e o "Sudoku", saindo do padrão comum que é preencher os espaços com números e colocando um Tema específico e destinado a este tipo de público que queremos alcançar.



O Desafio aqui não muda em nada, mas acrescenta algo mais divertido, para resolução de Desafios que precisamos pensar muito (Principalmente os Desafios mais complexos), fazendo com que as Crianças se sintam atraidas pelo Tema/Arte, uma vez que sempre buscamos colocar algo que chame a atenção delas.



Por outro lado, temos um trabalho mais delicado e difícil, que é montar o próprio "Tabuleiro vertical", pois como podem ver nas imagens, mesmo para uma pessoa adulta, o trabalho exige certos cuidados e algum grau de precisão para que o Conjunto seja montado.



Uma vez colocado o Tabuleiro de forma Vertical à mesa, basta pegar qualquer Desafio de "Sudoku 4x4" e posicionar as Peças iniciais, de forma que as Crianças possam completar todos os espaços, sempre respeitando as Regras do "Sudoku" que é a não repetição de (Números) Imagens, seja na Horizontal, na Vertical e em cada um dos 4 Quadrantes.



"Sudoku" é um excelente Desafio para desenvolvimento de Raciocínio Lógico, uma vez que os Jogadores terão que trabalhar com escolhas e muitas vezes probabilidades (Principalmente os complexos) e existe uma evolução visível, quando executado constantemente.



Para aqueles que gostam de Desafios bem interessantes, "Sudoku", seja ele feito em sua forma tradicional (Números)  ou feito com Temas específicos para Crianças, sempre será recomendado, pois dá a possibilidade de evolução no Desafio, começando desde os mais fáceis até conseguirmos resoluções em Desafios bem complexos.










sexta-feira, 26 de fevereiro de 2021

Labirinto irregular de Papelão feito para Crianças !


O Clube do Tabuleiro de Campinas fez uma postagem sobre um "Labirinto de Papelão feito para Crianças", com grau de dificuldade muito baixo, justamente para que Crianças pequenas possam jogá-lo sem problemas:

http://clubedotabuleirocampinas.blogspot.com/2021/02/labirinto-de-papelao-feito-para-criancas.html



Hoje estamos colocando imagens de outro Labirinto, também feito de Papelão, mas de formato "irregular" e com um grau de dificuldade um pouquinho maior que o anterior, mas que ainda consegue ser jogado sem problemas por Crianças pequenas.



Utilizar o "Papelão" como Matéria prima, é uma boa forma de reduzir os custos de Produção deste tipo de Jogo, pois basta ir a qualquer local que descarte Caixas de Papelão e terão Material para diversos Jogos, além de colocar a criatividade em dia, pois existem muitas referências na Internet, de Brinquedos e Jogos feitos com este tipo de Material.



Nós mesmos, aqui do Clube do Tabuleiro de Campinas, já fizemos diversas postagens mostrando a utilidade deste Material e o quanto ele pode ser útil, quando queremos colocar o Trabalho artesanal para Filhos/Alunos/Crianças.



É claro, existe todo um cuidado ao trabalhar o "Papelão" pois precisará cortá-lo, seja com Tesoura, seja com Estilete e isso exige certa cautela devido a estes Instrumentos serem muito cortantes. Por aqui, todo trabalho de Corte é feito com Estilete e sempre é feito por um Adulto. 



Portanto, se for utilizar estes Materiais e Instrumentos, sugerimos que uma pessoa Adulta faça este trabalho e deixe outros como Colagem, Pintura e Montagem para as Crianças executarem, prevenindo assim possíveis acidentes que possas ocorrer. 



Labirintos são excelentes passatempos e procuramos adaptá-los para que sejam também trabalhado a Coordenação motora, pois uma vez que você tem o "Labirinto físico", existe a necessidade de quem for Jogar, lidar com a inclinação correta, para que a Esfera utilizada possa percorrer o caminho desde a entrada no Labirinto até sua saída, além, é claro, de requerer atenção por parte de quem Joga, pois existe o Desafio em si, que é achar o caminho correto em meio às possibilidades que o Labirinto oferece.



Já fizemos várias postagens aqui no Blog, com Labirintos bem mais complexos e aqui colocamos um pequeno Vídeo de 2 deles que fizemos, utilizando Esfera de Desodorante "Roll-Onn" e também Esfera de vidro (Bolinha de Gude):



Gostamos muito de fazer e apresentar estes Labirintos, pois se pesquisarem por eles no Google, encontrarão centenas de modelos, desde os mais fáceis até os mais complexos e basta juntar Material e colocar o "Trabalho artesanal" em dia, para se ter um Jogo divertido e que muito agrada os Filhos/Alunos/Crianças, além de ter um custo bem baixo de confecção.



Sempre dizemos que o "Lúdico" começa antes do brincar, quando decidimos fazer algum Jogo/Brinquedo e, à partir daí, começar o Projeto com pesquisas do que irá fazer, como irá fazer, quem vai fazer e qual o papel de cada um na confecção, fazendo um Trabalho Cooperativo e com um resultado final que agradará à todos.



Para quem tem Filhos/Alunos/Crianças, estes Labirintos, embora muitos deles sejam bem simples até, acabam por preencher um espaço que é o "Criar/Fazer" e não apenas pegar um Jogo/Brinquedo em uma Prateleira e colocar à mesa, pois uma vez feito pelo Grupo, terão ali não só o "Jogo/Brinquedo", mas algo que foi criado e feito por elas mesmas e isso extrapola o "brincar" apenas.



Esperamos assim, contribuir um pouquinho com ideias, para que todos possam ter um Jogo/Brinquedo interessante e que todos possam dizer que fizeram parte da Criação/Construção do mesmo, pois ali existe a Diversão e um pouquinho de cada um que contribuiu no processo de Criação.



Vamos colocar "Mãos à obra" ?